Câmara homenageou a Embrapa em sessão especial

sessao_embrapaA Câmara Municipal de Campina Grande realizou nesta quinta-feira uma sessão especial para comemorar 40 anos de criação da Embrapa Algodão. A solenidade atendeu propositura do vereador Lula Cabral e contou com a participação de diretores e coordenadores da instituição entre eles, o assistente de operações, Renato Francisco e o coordenador de transferência, Walternilton Cartaxo.

Participaram ainda, além dos vereadores, o secretário de agricultura do município, Guilherme Almeida, que na oportunidade representou o prefeito de Campina Grande; o representante da EMATER, Ewerton Bronzeado; professores, técnicos e funcionários da Embrapa.

O vereador Lula Cabral saudou os presentes ressaltando o desenvolvimento do algodão colorido em 1975 como grande mérito da unidade neste município. Ressaltou que a instituição foi criada em 1975, a Embrapa Algodão é uma das Unidades Descentralizadas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Com sede em Campina Grande – PB, atua em todo o país, na geração de tecnologias, produtos e serviços para as culturas do algodão, mamona, amendoim, gergelim, sisal e pinhão manso.

Lembrou ainda que em 1985, a infestação das lavouras de algodão pelo bicudo levou a Unidade a buscar novas alternativas de pesquisa, lançando cultivares de algodão precoce e integrando a sua missão institucional a realização de pesquisas com as culturas de amendoim, mamona, gergelim, sisal e pinhão manso.

Na oportunidade da comemoração técnicos da Embrapa mostraram para os presente vídeos com demonstrações das principais pesquisas e projetos desenvolvidos pela instituição em todo o país. Também foi prestada uma homenagem póstuma ao ex-diretor da instituição Napoleão Beltrão que faleceu no mês de julho deste ano, assim como ao fundador da Embrapa, José Irineu Cabral.

Câmara homenageia religioso com cidadania campinense

Nelson_PadreA Câmara Municipal, atendendo propositura do presidente do Poder Legislativo, vereador Nelson Gomes Filho, realizou sessão solene nesta quinta-feira para homenagear com Título de Cidadania Campinense, o padre Adone Fravin. A solenidade aconteceu na Igreja Nossa Senhora das Dores, comunidade Santa Cruz e contou com a participação de parlamentares, do vice-governador do estado, Rômulo Gouveia, religiosos, membros da comunidade, amigos e familiares do homenageado.

O vereador Nelson Gomes saudou os participantes dizendo que,  “longo da existência do Poder Legislativo Campinense, nós representantes temos outorgado a ilustres cidadãos de outras naturalidades provas irrefutáveis de reconhecimento, com cidadania e democracia”. Ressaltou que tirando proveito da democracia entregar, em nome do Poder Legislativo de Campina Grande, o título de Cidadão Campinense ao Padre Adone Flavin pelos inúmeros serviços prestados as comunidades por onde já exerceu o sacerdócio.

Já o Padre Aldone agradeceu a honraria  e disse que se sentia feliz  por ter se tornado filho de Campina, “cidade que me abraçou para desenvolver meu trabalho”, concluiu.

Diretor do IFPB recebeu título de cidadania campinense

Maracaja_reitor_cefetA Câmara Municipal de Campina Grande, atendendo Projeto de Lei de autoria do vereador Napoleão Maracajá, realizou sessão solene nesta quarta-feira, 13, para homenagear com Título de Cidadania Campinense, o professor Cícero Nicácio do Nascimento Lopes, diretor geral do IFPB. A solenidade que aconteceu no auditório do campus da instituição contou com a participação professores, alunos amigos e familiares do homenageado.

O vereador Napoleão Maracajá, autor da propositura que originou a homenagem ao professor Nicácio saudou os presentes enaltecendo as atividades do diretor que administra o Campus desde sua instalação em 2006 e que hoje conta com cerca de 3 mil estudantes.

Lembrou que Cícero Nicácio do Nascimento Lopes é paraibano de Aguiar, egresso de família humilde, pai lavrador e mãe costureira, efetuou todos os seus estudos em escolas públicas, ingressou no magistério em 1984 na rede estadual de ensino, como professor de língua portuguesa e literatura portuguesa, na Escola Estadual Compositor Luís Ramalho, em João Pessoa.

Na oportunidade o professor Nicácio agradeceu a homenagem e fez um balanço das atividades na área da educação e principalmente no IFPB. “Recebi o convite do reitor como um desafio e sabia das adversidades que encontraria, mas abracei a causa” disse.

O professor Cícero Nicácio foi reconduzido ao cargo de diretor geral do Campus Campina Grande, depois de vencer as eleições ocorridas no dia 17 de outubro quando obteve 92% dos votos válidos. Ele fica no cargo até 2014, quando serão realizadas novas eleições, desta vez para um mandato de quatro anos.

Câmara Municipal presta homenagem ao professor

LULA_nelson_hom_profA Câmara Municipal de Campina Grande através de propositura do vereador Lula Cabral, realizou nesta terça-feira (15), uma sessão especial para comemorar o Dia do Professor.

A secretária de Educação da Prefeitura Municipal de Campina Grande, professora Verônica Bezerra ao fazer a saudação aos professores iniciou agradecendo a confiança do professor que trabalha na rede municipal de ensino.

Falou do trabalho que está sendo desenvolvido no município na área da educação e do compromisso do prefeito Romero Rodrigues que assinou a ordem de serviço para a construção de oito novas creches no município.

– Estamos trabalhando para implementar a educação integral e já contamos com 7.800 alunos beneficiados; mais de 14 mil alunos estão participando do processo de alfabetização e contamos para isso com 421 professores alfabetizadores, além dos alunos do Projovem – destacou.

A secretária informou ainda que a Brinquedoteca Municipal que antes atendia a pouco mais de 50 alunos, avança hoje no programa itinerante e 5.000 crianças já foram atendidas. O projeto Capoeira nas Escolas foi universalizado para toda a rede de ensino, realizado em parceria com o Instituto Alpargatas. O Jornal Escolar também um projeto em parceria com o Instituto Alpargatas abrange 11.200 alunos da Rede.

Nestes 10 meses de gestão, a frota de ônibus foi triplicada de sete veículos passou para 22 que dá assistência as 34 escolas do campo, perfazendo um total de 35 mil quilômetros por mês. Na área urbana mais de 1.000 alunos vão ser beneficiados com a Lei do Passe Livre.

A professora Verônica falou ainda da preocupação com a formação dos trabalhadores da educação, do gestor ao vigilante, e do diálogo com o magistério. “Com no nosso PAR vamos oferecer melhores condições em 2014. No Dia do Professor redemos graças a Deus para fazer educação cada vez melhor”.

Foram homenageados professores das redes municipal, estadual, particular e universitários, além da homenagem póstuma ao professor Ivan Coelho.

Câmara homenageia Campina e os professores em sessão especial

A Câmara Municipal realiza nesta terça-feira, sessão especial para homenagear os 149 anos de Campina Grande, atendendo a propositura do presidente do Poder Legislativo, vereador Nelson Gomes Filho. A sessão também será destinada a homenagear os professores em comemoração a data alusiva a categoria que é 15 de outubro, solicitada pelo vereador Antonio Lula Cabral.

A sessão solene será realizada no Plenário da Casa, às 10 horas, e contará com participação de políticos, empresários professores entre outros. Na oportunidade será entregue medalha de Honra ao Mérito Municipal à professora Jonilda Alves Ferreira pelos relevantes serviços prestados ao município no setor da educação.

A homenagem aos 149 anos de emancipação política de Campina Grande faz parte da programação oficial de aniversário do Município, elaborada pela Prefeitura Municipal de Campina Grande. Na ocasião o prefeito Romero Rodrigues fará a entrega de Projetos nas áreas de Educação, Saúde, Mobilidade Urbana e Assistência Social.

Câmara debate situação dos Conselhos Tutelares de Campina

1235354_559172430802817_1856339598_nA Câmara Municipal, atendendo propositura do vereador Joseildo Alves (Galego do Leite), realizou um debate sobre as dificuldades encontradas na atuação dos Conselhos Tutelares do Município durante sessão especial , nesta quinta-feira, 19, no plenário da “Casa Félix Araújo”.

A sessão contou com os Conselhos Tutelares que atuam em Campina Grande assim como Secretaria Municipal de Assistência Social através do secretario João Dantas, da representante do juizado da Infância e da Juventude, Maria das Neves Araújo além de representantes dos Programas Ruanda, Projovem, Creas, Cras, Orçamento Democrático, Conselho da Criança e do Adolescente entre outros.

Todos os representantes dos Conselhos, norte – Jeane Melo; sul, Everton Lima; oeste, Tâmara Falcão e leste, Soraia Moura, foram unânimes em dizer que umas maiores dificuldades encontradas para desenvolver um trabalho de proteção às crianças e adolescentes é a falta de um local para acolhida das mesmas. A Conselheira Jeane destacou que ao resgatar uma criança de uma situação de risco não há um locar adequado para a mesma ser encaminhada ou não atende a demanda. Ela alertou ainda que os Conselhos não têm o poder de executar mas sim de solicitar dos órgão competentes que execute por exemplo , uma abordagem á uma criança que está na rua.

A representante do Juizado da Infância, Maria das Neves Araújo elogiou a iniciativa da Câmara Municipal em promover este debate e disse que é preciso um amplo trabalho para envolvendo não só o Poder Judiciário, mas todas as entidades sociais, órgãos públicos e a sociedade para poder fazer cumprir o que está escrito no Estatuto da Criança e do Adolescente no sentido de proteger as crianças que se encontram em situação de risco.

Já o secretario da Ação Social do município, João Dantas disse que a SEMAS trabalha em busca de ações que atendam as necessidades das crianças e adolescentes e que os Conselhos é uma das maiores ferramentas que o município tem em defesa desse público. Alertou que o ECA precisa ser posto em prática em sua totalidade por ser o mais vigoroso instrumento que o País tem para combater a exploração de crianças e adolescente em todas as modalidades de riscos.

João ressaltou ainda algumas iniciativas da SEMAS para facilitar o trabalho dos Conselhos, como por exemplo a aquisição de veículos, computadores, bebedouros, freezer. Também a ampliação do Programa Ruanda que ajuda no trabalho de abordagem das crianças nas ruas e ainda parcerias as demais secretarias municipais como saúde, educação e esporte.

Projeto de revitalização do Mercado Central é discutido na Câmara

sessao_mercado_centralA Câmara Municipal de Campina Grande realizou sessão especial nesta terça-feira, 27, atendendo propositura do vereador Olímpio Oliveira para discutir o novo Projeto de Revitalização do Mercado Central de Campina Grande. A apresentação foi conduzida pelo secretário municipal de planejamento, Márcio Caniello.

O vereador Olímpio Oliveira destacou que é fundamental a participação da Câmara Municipal no processo de discussão antes do fechamento das decisões sobre o Projeto de Revitalização da Feira Central, inclusive, com a interação de outros atores importantes que devem ser ouvidos para que as decisões sejam tomadas de forma participativa, envolvendo os feirantes, clientes e outros segmentos que possam colaborar com a preservação do maior patrimônio imaterial de Campina.

Ao apresentar o anteprojeto de revitalização o secretário de Planejamento disse que a obra está prevista para ser iniciada tão logo o projeto executivo fique pronto e seja licitado, o que deverá ocorrer até o final de 2013. Serão investidos R$ 19,5 milhões, sendo que R$ 18,4 milhões são oriundos do Ministério das Cidades e R$ 1,1 milhão compõe a contrapartida da Prefeitura. Lembrou que as instalações físicas do Mercado Central estão muito degradadas.

O secretário Márcio Caniello ressaltou ainda que o novo Projeto Arquitetônico, elaborada pela equipe do Planejamento  envolveu todos os segmentos e visa atender  as ações tradicionais, históricas com os anseios da vida moderna. Lembrou que as instalações físicas do mercado Central estão muito degradadas.

Para o presidente da Associação dos Feirantes da Feira Central, Cícero Rodrigues ressaltou que a revitalização da feira vem trazer autoestima para os comerciantes daquela localidade assim como da população campinense. Lembrou que, há muito tempo todos cobram a efetivação desse projeto que vem engrandecer a economia da cidade, mas até agora só continua no papel, no entanto ele disse que os feirantes estão confiantes que a atual gestão municipal irá desenvolver a revitalização do Mercado Central.

Patrono da Câmara é homenageado em sessão especial

Patrono da Câmara é homenageado em sessão especialA Câmara Municipal de Campina Grande realizou nesta quinta-feira, 22, sessão especial em homenagem aos 60 anos de morte do patrono do Poder Legislativo, “Félix de Souza Araújo”.

Participaram do evento familiares, amigos e admiradores do que é considerado até hoje, um dos maiores políticos do estado da Paraíba.

Entre os presentes os filhos Félix Araújo Filho, Tamar Araujo Celino, o irmão Mario de Souza Araújo; o empresário Ivandro Cunha Lima, o secretário de planejamento do município, Márcio Caniello; o vice presidente da Academia de Letras de Campina Grande, José Morais Lucas; o capitão do II Batalhão de Policia Militar, Antonio Neves Ferreira; o representante do vice governador, professor José Lucas Filho; o tenente coronel do 31º Batalhão de Infantaria Motorizado, Alexandre Bichara Vajão, entre outros .

O presidente do Poder Legislativo, vereador Nelson Gomes Filho saudou os participantes da solenidade lembrando a trajetória política do poeta Félix de Souza Araújo.

Enalteceu a luta pela justiça social travada pelo então homem público da época e ressaltou que, “Félix tornou-se um dos filhos que maiores provas de amor dedicaram a esta terra. Ao ponto, inclusive, de oferecer a própria vida pelo zelo da cidade que tanto amou e da gente de quem se fez irmão”.

O parlamentar acrescentou ainda que, dentre as muitas homenagens que os campinenses prestaram a esse tão ilustre irmão, Félix Araújo foi feito, com a mais legítima justiça, patrono desta casa.

“A mim, é dupla honra poder fazer parte de uma casa chamada Casa de Félix Araújo e, ainda mais, poder presidi-la”, concluiu Nelson.

Leia o discurso na íntegra aqui.

O crítico literário e professor da UEPB, José Mario da Silva realizou uma palestra sobre a vida do patrono da Casa, “Félix de Souza Araújo”. Ela destacou que, “lembrar pode ser uma exigência do afeto, respeito pela memória”.

Destacou que Félix, pela sua ideologia, por sua luta e idéias sempre será tema para muitos enfoques, pois foi um político estático e um idealista em todas as suas atitudes. Entre muitas palavras o palestrante disse que o passado ilumina presente da mesma forma que projeta o futuro.

Também usou a tribuna o advogado Félix Araujo Filho que na oportunidade agradeceu em nome da família as honrarias prestadas pelos oradores e palestrante dizendo-se encantado com todas as informações e estudos feitos sobre a obra do seu pai.

Câmara realiza sessão especial em homengem ao patrono do parlamento campinense

Felix_de_Sousa_AraujoA Câmara Municipal de Campina Grande, atendendo Resolução nº 013/1981, vai realizar na próxima quinta-feira, 22, sessão especial para homenagear o patrono do Poder Legislativo, “Félix de Souza Araújo”, assassinado há 60 anos. Segundo informações do presidente da Casa, vereador Nelson Gomes Filho, a solenidade está marcada para ás 10 horas e contará com a presença de familiares, políticos e admiradores da obra do estadista.

Natural de Cabaceiras, aos dezesseis anos, Félix de Souza Araújo já publicava artigos em jornais. Ainda no ano de 1938, Alceu Amoroso Lima reconheceu importante vertente de sua personalidade: a sua erudição.

Foi pracinha voluntário da Força Expedicionária Brasileira (FEB). Lutou nos campos da Itália contra o nazifascismo, em 1943. Foi correspondente de guerra e fundou o jornal “Cruzeiro do Sul”. Ao voltar, fixou residência em Campina Grande.

Criou o programa “A Voz dos Municípios” na Rádio Borborema de Campina Grande. Também, durante muito tempo, manteve o programa “Carrossel da Vida”, com leitura de crônica diária na Rádio Caturité. Filiou-se ao PCB, disputando, por este partido, duas eleições: em 1946, para deputado federal e 1947 para deputado estadual. Deixou o PCB em 1948.

Em 1947, Félix liderou a campanha de Elpídio Josué de Almeida a prefeito de Campina Grande. Foi secretário de Educação e Cultura deste governo, introduziu o “Cinema Educativo”. Coordenou a campanha eleitoral de José Américo de Almeida a governador da Paraíba (1950)..

Elegeu-se vereador mais votado de Campina Grande em 1951, pelo PL (Partido Libertador). Integrou as comissões de Justiça, Legislação e Redação e de Educação e Cultura (1951 a 1953). Denunciou a corrupção. Rompeu com o prefeito Plínio Lemos e com o governador José Américo de Almeida.

Félix Araújo foi assassinado na Rua Maciel Pinheiro, centro da cidade de Campina Grande. Faleceu aos 30 anos de idade em decorrência dos ferimentos, na Casa de Saúde Francisco Brasileiro, em Campina Grande.

CMCG adia sessão especial em homenagem ao patrono da Casa, Felix Araújo

Felix_de_Sousa_AraujoNo próximo sábado (27), comemora-se os 60 anos de anivesário de morte do patrono da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), Félix de Sousa Araújo. Segundo o presidente Nelson Gomes Filho (PRP), a sessão especial já foi solicitada e deve ocorrer no mês de agosto. “Já solicitei o agendamento para a realização da Sessão Especial, estamos aguardando a confirmação da data por parte da família”. Afirmou. A solenidade atende a uma resolução do legislativo mirim.

Um outro fator que impede a realização do cumprimento da resolução é que a data, neste ano caiu num sábado, tornando inconveniente a realização da Sessão Especial alusiva ao aniversário de morte do tribuno Félix Araújo. Os vereadores reconhecem que as conquistas coletivas do povo tiveram e têm na Casa de “Félix Araújo” seu principal centro de discussão e irradiação e no nome do seu patrono o mais alto degrau de respeito.

Felix de Souza Araújo 

De Cabaceiras, 22 de dezembro de 1922 — Morte em Campina Grande, 27 de julho de 1953. Foi um político brasileiro, vereador de Campina Grande, no estado da Paraíba. Também foi poeta, tribuno, secretário de governo, ensaísta, crítico literário, escrituário, livreiro, radialista, jornalista e conferencista. Foi pai de Félix Araújo Filho, prefeito de Campina Grande.