Inicio Campina Grande Operação ‘Black Friday’ notifica 69 lojas em JP e CG

Operação ‘Black Friday’ notifica 69 lojas em JP e CG

228
0
SHARE

As operações de fiscalização de comércios e lojas realizada durante o último fim de semana, marcado pela ‘Black Friday’, que aconteceu nessa sexta-feira (23), terminou com 32 estabelecimentos notificados e 7 autuados em João Pessoa. Em Campina Grande, 28 lojas foram notificadas.

Campina Grande

Na Rainha da Borborema, os números de notificações e denúncias foram menores do que o ano de 2017. Segundo dados da operação do Procon-CG, apesar de ter havido uma maior interação do consumidor com o órgão, as autuações nas empresas foram bem menores que as registradas no ano anterior. Na Black Friday passada foram 47 empresas físicas autuadas e mais de 68 reclamações de empresas virtuais. No evento deste ano, das 79 visitas realizadas pela fiscalização do órgão, apenas 28 lojas físicas foram autuadas por irregularidades e até agora foram 40 denúncias de problemas em compras pela internet.

O coordenador do Procon-CG, Rivaldo Rodrigues, destacou a atuação do órgão antes da ‘Black Friday’. “Comparado a 2017, tivemos um número maior de reclamações e de consultas por parte dos consumidores. E percebemos que eles estão mais atentos aos seus direitos consumeristas e também às armadilhas características da Black Friday. Como fazendo pesquisas de preços semanas antes do evento acontecer, chamando a fiscalização do Procon quando uma empresa cobra taxas de entrega e montagem de móveis e se recusando a aceitar garantias estendidas que alguns vendedores querem empurrar no cliente, alegando ser uma vantagem para o mesmo”, explicou Rivaldo

João Pessoa

Já na Capital, os números finais da Operação Black Friday da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor registraram 32 lojas notificadas e 7 autuadas. O total de denúncias na sexta-feira, 23, chegou a 135, através de ligações e redes sociais. O Procon-JP monitorou os preços de 340 produtos em 16 lojas da Capital durante um mês para comparação no dia da promoção.

O Serviço Atendimento ao Consumidor (SAC), tanto na sede quanto nos dois postos de atendimento ainda não registrou nenhum processo administrativo, apenas dúvidas e pedidos de orientação. O secretário Helton Renê informa que o 0800 083 2015 continua a receber ligações referentes ao Black Friday. “Houve 9 ligações para o 0800 apenas no início da manhã desta segunda-feira, 26, mas os problemas oriundos da promoção devem começar a chegar ao SAC do Procon-JP lá pelo meio desta semana”, comentou Helton.

Acusações

Os principais motivos das autuações e notificações foram cobrança de parcela mínima no cartão de crédito, publicidade enganosa e maquiagem nos preços. Outra irregularidade detectada nas lojas durante o Black Friday foi a diferenciação no preço exposto nos encartes de publicidade e o praticado na loja. “Também verificamos a maquiagem nos preços baseado em nosso levantamento antes do dia da promoção. Como tínhamos um parâmetro anterior de preços, ficou fácil perceber a ‘maquiagem’.

Fonte e Imagem: Portal Correio

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here