Inicio Campina Grande Custo da Cesta Básica em Campina se mantém estável no mês de...

Custo da Cesta Básica em Campina se mantém estável no mês de julho

23
0
SHARE

O custo da Cesta Básica Regional em Campina Grande neste mês de julho apresentou estabilidade em relação ao mês anterior, segundo uma pesquisa do Procon Municipal, divulgada nesta segunda-feira (12)- referente ao período de 04 a 07 de julho. De acordo com o estudo, realizado em 60 supermercados da cidade, o valor médio da cesta teve um acréscimo de 0,5%, passando de R$ 690,35 para R$ 693,53.

A pesquisa da Cesta Básica Regional de Campina Grande é composta por 13 produtos da Cesta Básica Alimentar – Ração Essencial Mínima e mais 39 produtos que entram na rotina de compras do consumidor paraibano, no entanto estão fora do estudo a base feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Ou seja, a Cesta Básica Regional campinense é a soma da Cesta Básica Alimentar com a Cesta Complementar.

Segundo o estudo, os produtos com maior impacto no valor total da cesta neste mês de julho/21 (em relação ao mês anterior), foram: o sabão em barra (9,18%), que custava R$ 7,33 e passou a custar R$ 8,00; o desinfetante (8,99%), era R$ 3,88 passou para R$ 4,23; a cenoura (8,85%), era R$ 3,25 passou para R$3,54; café em pó (7,54%), passou de R$ 4,08 para R$ 4,58; açúcar cristal (6,12%), R$ 3,43 passou para R$ 3,64; margarina com sal (5,06%), era R$ 4,35 e passou para R$ 4,57 e Frango (4,93%), era R$ 10,91 e passou para R$ 11,45.

Já em relação a maior variação de preço dos produtos, entre os estabelecimentos, pode-se destacar: o chuchu (363,6%), que pode ser encontrado por R$ 0,99 até R$ 4,59, a cebola (353,0%), por R$ 0,99 até R$ 4,49, o coentro (308,2%), por R$ 0,49 até R$ 2,00; o mamão (303,0%), R$ 0,99 até R$ 3,99; o sal moído (285,0%), de R$ 0,49 até R$ 1,89; a batata inglesa (276,7%), de R$ 1,59 até R$ 5,99; o inhame cará (276,0%), de R$ 1,59 até R$ 5,99; e o absorvente (259,2%), de R$ 1,25 até R$ 4,49.

Comprometimento – Com isso, para um trabalhador com o rendimento familiar de um salário mínimo (R$ 1.100,00) o comprometimento do salário foi de aproximadamente de 63,05%, restando cerca de 36,95%, que é equivalente em termos absolutos a R$ 406,47 reais. Ou seja, este valor de R$ 409,64 reais seria destinado a outros compromissos tais como água, energia, internet, transporte dentre outras despesas. O relatório de preços se encontra à disposição do consumidor no site do órgão (https://procon.campinagrande.pb.gov.br/)

Fonte: Codecom

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here