Carro de luxo é apreendido em operação da Receita Federal em SP

    6
    2
    SHARE

    Nissan 370Z Touring, de 2009, está avaliado em R$ 170 mil.
    Importação de carro usado é proibida no Brasil, alerta a Receita.


    Um carro de luxo, avaliado em R$ 170 mil, foi apreendido na tarde de sexta-feira (23) em Santa Bárbara d’Oeste, a 135 km de São Paulo, por agentes do Grupo de Operações Especiais de Piracicaba (GOEP) da Receita Federal. O veículo era um dos alvos da Operação Black Ops, deflagrada em outubro. O automóvel é um Nissan 370Z Touring, ano 2009, que foi dado como novo no momento de sua importação. A importação de veículos usados no Brasil é terminantemente proibida, salvo algumas situações excepcionais. Após a conclusão dos trabalhos da Receita Federal, o veículo poderá ser leiloado (Foto: Divulgação/Receita Federal)

    2 Comentários

    1. Quanta coisa sem sentido se escreve aqui meu Deus, não sei quem é mais ignorante, o leitor que faz esse tipo de comentário ou o pseudo jornalista que escreve uma matéria dessas sem se informar sobre o procedimento correto. Essa regra é feita para proteção da industria nacional, para que a mesma continue gerando empregos para brasileiros. Agora sobre os preços absurdos cobrados pelos carros aqui no Brasil, já é outra história, nada tem a ver com a questão levantada pela reportagem.

    2. Entao, esses carro não são usados. Para tirar um carro nos EUA de uma concessionária é necessario pagar o emplacamento e a justiça Brasileira (lixo) “entende” (por algum interesse) que esses carros são usados por serem emplacados em outro país. Esse tipo de importação sempre foi feita no Brasil. A maioria dos carros comprados em concessionárias de importados (multimarcas) foram importados assim por decadas.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here