Inicio Brasil Teich prepara ‘saída progressiva, estruturada e planejada’ da quarentena

Teich prepara ‘saída progressiva, estruturada e planejada’ da quarentena

98
0
SHARE

O ministro da Saúde, Nelson Teich, anunciou em vídeo divulgado pelo governo federal no início desta segunda (20) que está em curso um estudo para reduzir o distanciamento social em todo país. O afrouxamento da quarentena é uma das missões do novo titular da Saúde – a medida foi alvo de constantes críticas do presidente Jair Bolsonaro e um dos motivos que levaram à demissão de Luiz Henrique Mandetta, antecessor de Teiche no cargo.

O afrouxamento será atrelado ao aumento do número de testes realizados. “Isso é importante para nosso processo que está sendo desenhado de usar os testes e entender melhor a doença, a evolução, e fazer um planejamento, um projeto, que já está sendo feito, para revisão do distanciamento social”, disse o ministro no vídeo. Teich afirmou que o ministério irá comprar 46 milhões de testes para detectar coronavírus, quase o dobro do que vinha sendo divulgado pela gestão de Mandetta (24 milhões). Ele explicou que não se trata de testagem em massa, mas de usar os kits em uma amostragem da população, de acordo com ele parecida com a usada em pesquisas de opinião. “A gente vai usar o teste de uma forma que as pessoas testadas vão refletir a população brasileira. Isso vai ser fundamental nesse processo de realmente entender a doença e desenhar a saída”.

Além da compra de testes, ele anunciou o fechamento de um contrato para processar 30 mil exames por dia – no total, serão 3 milhões de procedimentos ao longo do acordo. Também divulgou a compra de mais de 3.300 respiradores. “Essa combinação do diagnóstico, do tratamento e da preparação para a saida do distanciamento faz parte da estratégia de abordagem da Covid-19. A gente está atuando em três braços que são fundamentais. Um é entender melhor a doença, fazer o diagnóstico, entender a evolução. A segunda coisa é preparar a infraestrutura para o tratamento para que, nesse tempo em que a gente está afastado, que vai ser usado para melhorar, preparar para o cuidado. E o terceiro: a gente vai com essa preparação, desenhar esse programa de saída progressiva, estruturada e planejada do distanciamento social”, disse.

Fonte: Veja/Mariana Zylberkan

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here