Abastecimento e tratamento para 250 mil pessoas

    23
    0
    SHARE

    Juazeiro – Mais de 250 mil pessoas serão beneficiadas com as obras de abastecimento de água e destinação adequada de resíduos que o Ministério da Integração Nacional e Governo do Estado da Bahia inauguram esta semana nos municípios de Juazeiro, Curaçá e Glória. Ao todo, R$ 40 milhões foram investidos nesses empreendimentos, executados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    Na sexta-feira (22), o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, e o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, inauguraram sistemas de abastecimento de água e de tratamento de resíduos sólidos urbanos, no município de Juazeiro, além de sistemas de abastecimentos de água em Curaçá. No sábado (23), serão entregues os sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário do município de Glória.
    Para a instalação dos 20 sistemas de abastecimento de água inaugurados hoje, em Curaçá, foram aplicados R$ 13,4 milhões. Agora, mais 5,8 mil pessoas, de 53 localidades do município podem ter acesso à água tratada. Em Juazeiro, o investimento foi de R$ 7,8 milhões para o tratamento da água que chega às casas de 9,6 mil pessoas.  Já em Glória, foram aplicados R$ 7,8 milhões para implantação de dois sistemas que vão abastecer com água 5,7 mil habitantes de 12 localidades.
    Essas obras fazem parte do conjunto de ações do Programa Água para Todos, do Ministério da Integração Nacional, para universalizar o acesso à água tratada no país. “Esse é o grande compromisso do programa: garantir que todas as comunidade que estão próximas ao Rio São Francisco possam ser beneficiadas com pequenas adutoras”, afirmou o ministro Fernando Bezerra. O govenador da Bahia, Jaques Wagner, destacou a importância dessas obras para o enfrentamento da estiagem no estado. “Essa é uma obra que veio para ficar e que resolve o problema de abastecimento de água para consumo humano para toda essa população”, destacou o governador.
    Como parte das ações do Programa Água para Todos, o Governo Federal investiu, em 2012, por meio da Codevasf, R$ 54,7 milhões na implantação de sistemas de abastecimento de água nos municípios baianos de Abaré, Curaçá, Glória, Juazeiro e Serra do Ramalho. Essas medidas fazem parte do conjunto de ações federais, de cunho emergencial e estruturante, para reduzir os efeitos da estiagem na região do semiárido brasileiro.
    Os sistemas de abastecimento de água são compostos de captação flutuante no Rio São Francisco, adutora de água bruta até o local da estação de tratamento de água (ETA), adutora de água tratada, reservatório de acumulação e rede de distribuição.
    Tratamento de resíduos – Mais de 230 mil pessoas serão beneficiadas pelo sistema de remediação ambiental e requalificação do lixão do município de Juazeiro. A obra, que contou com investimentos de R$ 3,1 milhões, possibilita a disposição adequada dos resíduos por meio de um aterro controlado com área de vazadouro de cerca de 40 hectares e capacidade de 156,12 toneladas/dia. A ação integra o Programa de Revitalização das Bacias Hidrográficas, do Governo Federal. “Essa obra faz parte de um amplo e vigoroso programa de saneamento básico que tem como objetivo dar mais qualidade as águas do Rio São Francisco”, salientou o ministro.
    Além disso, já estão assegurados no PAC recursos de R$ 10,2 milhões para implantação, pela Codevasf, do aterro sanitário do consórcio Sobradinho-Juazeiro, que atenderá a população dos dois municípios.
    Esgotamento sanitário – A obra do sistema de esgotamento sanitário do município de Glória custou R$ 8 milhões e vai atender 4,3 mil pessoas. O sistema é composto por separador absoluto, em rede coletora convencional e condominial, ligações domiciliares, estações elevatórias e de tratamento de esgoto.
    Além dessa obra em Glória, a Codevasf concluiu, em 2012, a implantação de sistemas de esgotamento sanitário para atender 33 mil pessoas nas cidades baianas de Abaré, Gentio do Ouro, Morro do Chapéu e Caturama, totalizando R$ 27 milhões.
    A implantação de sistemas de esgotamento sanitário tem sido uma das ações prioritárias em municípios com até 50 mil habitantes situados nas bacias do rio São Francisco e do Parnaíba. O esgotamento sanitário traz uma série de benefícios como a melhoria das condições sanitárias locais, a conservação dos recursos naturais e a eliminação de focos de poluição.
    Ministério da Integração

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here