Inicio Campina Grande Bruno sugere “quebra de jejum” de uma década sem convênios do Estado...

Bruno sugere “quebra de jejum” de uma década sem convênios do Estado com Campina Grande e João Azevedo e sinaliza positivamente

29
0
SHARE

 Prefeito propõe parcerias administrativas nas áreas de infraestrutura, geração de empregos e transporte público

Numa audiência que durou cerca de uma horas e meia, o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) foi recebido pelo governador João Azevedo (PSB), no Palácio da Redenção, na manhã desta quinta-feira, 8. Entre as principais pautas de interesse do Município, Bruno propôs parcerias com o Estado nas áreas de saúde, infraestrutura, geração de empregos e transporte público. Para todas as demandas apresentadas, Azevedo demonstrou interesse de assegurar apoio aos pleitos.

Ao fazer sua exposição, Bruno Cunha Lima agradeceu o espaço aberto pelo governador para a audiência – a segunda, este ano. E ressaltou: apesar de atuarem em campos político-partidários opostos, a missão institucional de ambos deve sempre prevalecer, em favor dos interesses da coletividade.

Saúde

Entre as pautas de interesse de Campina Grande apresentadas na reunião, Bruno sugeriu parcerias com o Estado, em vários níveis, com o setor de Saúde, notadamente em relação aos serviços que o Município presta de assistência às cidades de todas as regiões da Paraíba.

Na área de Saúde, ainda,o prefeito pediu o estreitamento na relação entre os setores de planejamento das secretarias municipal e estadual de saúde para trocar de informações relativas à produtividade dos equipamentos (sobretudo o Hospital de Trauma), suporte financeiro para a aquisição de equipamentos hospitalares e a atualização da PPI – _Programação Pactuada Integrada-, com foco especial para a oncologia/radioterapia.

Infraestrutura e empregos

Bruno disse também que a Prefeitura está aberta à parceria com o Estado em prol da obra de continuação do Canal de Bodocongó até a Alça Sudoeste (nova via de acesso para a cidade), possibilitando a extensão da ponte do Cruzeiro até à Alça Sudoeste.

O prefeito campinense também pediu um olhar do Governo do Estado para o potencial de desenvolvimento industrial e comercial do

Complexo Aluízio Campos, com parceria num plano de investimentos em infraestrutura, atração de empregos, consolidação de um condomínio de empresas e de apoio ao polo logístico que se tornou a cidade.

Bruno Cunha Lima disse que a Prefeitura de Campina Grande está à disposição para apoiar, no que for de sua, responsabilidade, o projeto de construção, pelo Governo do Estado, do Centro de Convenções.

Transporte público

Finalmente, Bruno Cunha Lima tratou com João Azevedo de uma isenção de ICMS permanente para o combustível das empresas de transportes coletivos urbanos, acentuando a corresponsabilização do Estado na demanda suportada pelos municípios. A ideia é que, com esta medida, haja um impacto positivo para a tarifa.

Azevedo

Ao final da reunião com Bruno Cunha Lima, João Azevedo recomendou aos secretários estaduais reuniões técnicas com a equipe da Prefeitura e assegurou que serão firmados, sim, convênios com a Prefeitura de Campina Grande. E até propôs transferir o Parque de Bodocongó, próximo ao campus I da UEPB, para o Município.

Equipes

Acompanharam o prefeito na audiência os secretários Gustavo Braga (Finanças), Féliz Neto (Planejamento), Filipe Reul e Gilney Porto (titular e executivo da Saúde), além do superintendente de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), Carlos Dunga,  e do coordenador de Comunicação, Marcos Alfredo.

Já da equipe do governador, integraram a reunião os secretários Geraldo Medeiros e Renata Nóbrega (titular e executiva da Saúde), Deusdete Queiroga (Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente), Nonato Bandeira (Comunicação) e Ronaldo Guerra (Chefe de Governo).

Fonte: Codecom

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here