Inicio Destaques Área da Feira da Sulanca em Caruaru recebe fiscalização de quase 300...

Área da Feira da Sulanca em Caruaru recebe fiscalização de quase 300 PMs para evitar aglomerações

64
0
SHARE

Depois de registrar aglomerações e comércio clandestino, a Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, vai ter fiscalização reforçada neste domingo (2) e na segunda-feira (3). A Polícia Militar contará com 283 policiais militares no local para efetuar a Operação Sulanca.

As ações farão isolamento na área onde acontece a feira, no Parque 18 de Maio, das 7h deste domingo até às 20h da segunda-feira (3).

A Feira da Sulanca está com o funcionamento suspenso desde março e, segundo anunciou a prefeita Raquel Lyra (PSDB), na semana passada, a expectativa de retorno das atividades é para o dia 10 de agosto. “A possibilidade é que, a partir do dia 10, se os números continuarem caindo como estão caindo, haverá, a partir da suspensão do decreto do governo de Pernambuco, a possibilidade de a gente retomar as feiras”, afirmou na ocasião. Segundo a prefeita, todas as feiras reabrirão numa mesma data.

Quando as atividades foram suspensas, a Prefeitura de Caruaru criou um espaço para a entrega de mercadorias negociadas entre os sulanqueiros e seus clientes. Chamado de Delivery Sulanca Caruaru, a venda é feita pela internet ou pelo telefone e entregue nas segundas-feiras, das 5h às 17h.

Nesta segunda-feira (3), Caruaru e Região entram na fase 6 do Plano de Convivência com o Novo Coronavírus, com a reabertura de bares e restaurantes, além de academia de ginástica e outros setores. Para voltar a funcionar, todos os estabelecimentos precisam cumprir protocolos de higiene e distanciamento social.

Segundo a PM, a fiscalização na área do Parque 18 de Maio terá pontos de bloqueio, patrulhamento a pé, em viaturas, motocicletas e a cavalo. Haverá isolamento no perímetro da feira e varredura das ruas adjacentes ao Parque. A Operação Sulanca tem o objetivo de combater aglomerações geradas pelo comércio ambulante e em porta-malas de carros estacionados em vias públicas – esse tipo de comércio pode resultar em apreensão do veículo e das mercadorias.

A fiscalização terá reforço de agentes de trânsito da Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (DESTRA) de Caruaru, que também poderão realizar a apreensão de mercadorias em caso de comércio irregular.

O Polo de Confecções do Agreste está previsto para ser liberado na sétima etapa do Plano de Convivência, que ainda não tem data certa para ser implementada. O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco informou que uma reunião foi realizada na manhã desta quinta com prefeitos da região para discutir ações de fiscalização da comercialização irregular que ocorre nas últimas semanas.

Protocolo para retomada da Feira da Sulanca

Apesar de o dia 10 de agosto ainda não ser uma data confirmada para a volta do funcionamento da Feira da Sulanca, o protocolo para a retomada das atividades já está definido – todas as medidas foram anunciadas no último dia 20 de julho. Entre os itens do protocolo estão o uso obrigatório de máscaras, aferição de temperatura, instalação de barreiras sanitárias e de dispensadores de álcool em gel e a fiscalização, que será feita pela prefeitura.

Confira o protocolo completo:

Excursionistas (ônibus e fretes que trazem pessoas de outras cidades)
– Aferição obrigatória de temperatura e proibição de embarque de pessoas com temperatura acima de 37,5°C;
– Em viagem de mais de 4h de duração, a aferição deve ser feita a cada 2h;
– Uso de máscara por todos os passageiros e funcionários da empresa;
– Instalar e manter abastecidos, no interior do veículos, dispensador de álcool em gel ou lavatório para higienização das mãos;
– Higienizar o interior e o exterior do veículo;
– Lotação máxima recomendada de 50% da capacidade;
– Comunicar aos passageiros sobre recomendações e riscos do descumprimento das normas;
– Apresentação de guia de transporte dos passageiros com registro da temperatura;
– Monitorar a saúde dos funcionários dos excursionistas.

Lojistas, permissionários e estabelecimentos privados
– Uso obrigatório de máscara;
– Proibição de expositores em áreas externas, não sendo permitido nenhum obstáculo fora dos limites do banco;
– Exibição de cartazes com as orientações de saúde;
– Higienização dos balcões e área interna dos bancos, antes, durante e depois da feira;
– Instalar e manter abastecido dispensador de álcool em geral ou recipiente para higienização das mãos;
– Monitorar saúde das pessoas.

Clientes e consumidores
– Uso obrigatório de máscaras;
– Evitar aglomerações e contatos físicos;
– Higienizar as mãos sempre que possível;
– Ao apresentar sintomas, ficar em casa.

Prefeitura de Caruaru
– Implantar barreiras sanitárias nos principais acessos;
– Instalar estações de higienização em locais estratégicos;
– Realização de ações de sanitização, antes e depois da feira;
– Fiscalização com agentes de vigilância sanitária e fiscais das feiras;
– Reforço na higienização dos banheiros com produtos sanitizantes.

Coronavírus em Caruaru

Caruaru registra, até este domingo (2), 4.166 casos confirmados da covid-19 e 228 óbitos causados pela doença. A cidade conta com o maior número de leitos dedicados à covid-19, no Hospital Mestre Vitalino (HMV) são 150 leitos ativos, sendo 60 de Unidade da Terapia Intensiva (UTI) e o Hospital Regional do Agreste, com 18 leitos de UTI e 19 de enfermaria.

Entre os dias 26 de junho e 5 de julho, Caruaru cumpriu medidas rígidas de isolamento. Com este lockdown, foi possível controlar o número de casos, mortes e internações, permitindo que, no último dia 13 de julho, a região tivesse o primeiro dia de reabertura dentro do Plano de Convivência. Na ocasião, foram autorizados os funcionamentos do varejo de rua (bairro e centro), salões de beleza e centros de estética, treinos de futebol profissional, comércio de veículos, serviço de aluguel e vistoria de veículos, construção civil com 100% dos funcionários e shoppings centers, além da celebração física em templos religiosos. Todos os setores precisam cumprir protocolos de higiene e distanciamento social.

Fonte: Jornal do Commercio/Carolina Fonsêca – Imagem: JOBSON GONÇALVES/TV JORNAL INTERIOR

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here