Inicio Campina Grande Romero designa Diogo Flávio, da Seplan, para responder pela Administração e decide...

Romero designa Diogo Flávio, da Seplan, para responder pela Administração e decide criar a Controladoria Geral do Município

464
0
SHARE
Prefeito manda, ainda na próxima semana, projeto de lei à Câmara de Vereadores propondo a criação de nova pasta
O prefeito Romero Rodrigues anunciou, na tarde deste sábado, 27, que escolheu o secretário Diogo Flávio Lyra Batista, do Planejamento, para, cumulativamente, responder pela Secretaria de Administração de Campina Grande, a partir da próxima segunda-feira, 29. Uma outra decisão de impacto de Romero diz respeito ao envio, já na próxima semana, para apreciação da Câmara de Vereadores, de um projeto de lei criando a Controladoria Geral do Município.Com a nomeação de Diogo Flávio como interino da Administração, Romero Rodrigues procura assegurar a manutenção do ritmo administrativo na pasta da Administração, após ter aceito o pedido de exoneração do então titular Paulo Roberto Diniz, nesta sexta-feira. Desde a última quinta, o professor Gildo Silveira, já vem respondendo interinamente pela Secretaria de Educação, na condição de adjunto. A titular Iolanda Barbosa também entregou o cargo ontem, sendo acatada sua exoneração pelo prefeito.imagemCom as designações na Administração e Educação, Romero, sem deixar acéfalas duas das mais importantes pastas do Municipio, ganha tempo também para escolher, com tranquilidade, os nomes que está avaliando para nomeação aos cargos de titulares nas duas secretarias.

Controladoria – Em relação à Controladoria Geral do Município (CGM), o prefeito campinense disse já ter feito recomendação à Procuradoria Geral do Município para preparar o projeto de lei criando, na estrutura do primeiro escalão, o novo órgão. Atualmente, a Prefeitura de Campina Grande já dispõe de um quadro de controladores efetivos.imagemA ideia de Romero Rodrigues é, com a criação da CGM, montar uma estrutura enxuta de controle interno no âmbito do Município, melhorando consideravelmente o processo de auditoria nos processos de compra e contratação de serviços na Prefeitura, desde a origem. Deve haver remanejamentos de servidores de outros setores burocráticos da máquina administrativa para dar suporte ao trabalho especializado da equipe.

Fonte: Codecom

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here