Inicio Brasil Que fase! Falta de luz em Arena da Copa de 2014 paralisa...

Que fase! Falta de luz em Arena da Copa de 2014 paralisa final da Série C

179
0
SHARE

Cuiabá, MT, 22 (AFI) – A final tinha tudo para ser de festa do começo ao final, mas a queda de energia logo aos três minutos transformou o duelo entre Cuiabá e Operário em um verdadeiro pesadelo. O duelo, disputado na Arena Pantanal, ficou paralisado por mais de 1h30 por falta de iluminação.

Quando a luz caiu, antes de um tiro de meta cobrado por Simão, a torcida do Cuiabá começou a fazer festa, ensaiando coreografias na arquibancada usando os celulares e fazendo ola. O tempo, no entanto, foi passando e a insatisfação aumentando. Quando a paralisação marcou 30 minutos, primeira previsão de retorno, as vaias tomaram conta das arquibancadas.

O problema, que havia acontecido apenas nos refletores, se estendeu para outras dependências da Arena Pantanal, como camarotes e vestiários. O locutor do estádio teve que pedir paciência para a torcida e distribuiu brindes nas arquibancadas. Uma garrafa de café foi oferecida por funcionários para quem não havia deixado campo.

Dentro do campo, o trio de arbitragem, comandado por Marcelo de Lima Henrique (RJ), teve que aguardar pacientemente o papo dos administrados da Arena Pantanal. Perto do final da paralisação, o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, subiu ao gramado para falar com o trio.

Lembrando que, de acordo com o Regulamento Geral de Competições, o prazo para adiamento de um jogo é de 30 minutos, prorrogáveis por mais 30. O trio, os membros da CBF presentes no estádio e os administradores da Arena preferiram esperar mais meia hora depois do prazo recomendado.

Em nota, o Goverto do Estado do Mato Grosso afirmou que uma instabilidade no sistema elétrico causou o apagão, mas não apontou o motivo específico e que engenheiros da Arena Pantanal tiveram que religar o sistema de forma manual. Ainda, a Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), prometeu investigar o caso.

A Arena Pantanal foi construída em 2014 para receber jogos da Copa do Mundo realizada no Brasil. O estádio foi erguido no lugar do antigo Estádio Governador José Fragelli e custou R$ 600 milhões. Ele recebeu quatro partidas do Mundial de 2014 (Chile 3 x 1 Austrália; Rússia 1 x Coreia do Sul; Nigério 1 x 0 Bósnia e Japão 1 x 4 Colômbia). Desde então, tem sido usado para jogos de futebol americano e jogos esporádicos de times do Estado em competições nacionais.

Confira a nota oficial do Governo do Estado do Mato Grosso:

O Governo do Estado informa que uma instabilidade no sistema elétrico da Arena Pantanal provocou a queda de energia em uma parte dos refletores do estádio na noite deste sábado, no início do primeiro tempo da partida entre Cuiabá e Operário-PR, pela final da Série C. Engenheiros da Arena Pantanal identificaram o problema e tiveram que religar o sistema de forma manual para que os refletores voltassem a funcionar. A causa da instabilidade no sistema elétrico será averiguada pela administração da Arena Pantanal. A Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), também acompanha o caso.

Fonte e Imagem: Agência Futebol Interior

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here