Rede hoteleira terá acesso a R$ 2 bi em crédito

    132
    0
    SHARE

    O orçamento do programa BNDES de Turismo para a Copa do Mundo de 2014 (BNDES ProCopa Turismo) – foi ampliado de R$ 1 bilhão para R$ 2 bilhões e o prazo de vigência, que ia até 31 de dezembro deste ano, foi estendido para 30 de junho de 2013. Essa é a nova data-limite para que as empresas deem entrada com os pedidos de financiamento no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, de acordo com anúncio feito na última quarta-feira (26).

    Segundo o banco, a alteração deve-se à expressiva procura do setor hoteleiro pelos recursos. A carteira atual de pedidos de financiamento ao BNDES por meio do programa já superou o R$ 1 bilhão inicialmente disponibilizado. Há, até o momento, R$ 347 milhões em operações aprovadas. Outros R$ 680,1 milhões são de projetos que estão em fase de análise ou consulta, mas ainda não foram aprovados.

    Linha – Lançado em fevereiro de 2010, o BNDES ProCopa Turismo apoia a ampliação e modernização do parque hoteleiro nacional. Dos pedidos de financiamento que ainda estão sob análise, R$ 426,5 milhões (ou 62,7% do valor) são pleitos para construção de novos hotéis. 

    Os R$ 253,6 milhões restantes (37,3%) destinam-se à reforma e modernização de empreendimentos já existentes. Do ponto de vista dos investimentos totais (soma que leva em conta os financiamentos do BNDES mais a contrapartida dos empreendedores), a carteira atual do ProCopa Turismo, de R$ 1 bilhão, corresponde a um investimento total de R$ 1,5 bilhão.

    Pequenos – Além do BNDES ProCopa Turismo, para empresas de perfil médio e grande, o Banco dispõe de outros instrumentos de apoio ao setor, que são acessados por micro e pequenas empresas. O BNDES Automático, que tem características semelhantes, mas realiza operações por meio de um agente financeiro intermediário, desde 2010 desembolsou R$ 194,7 milhões para construção ou reforma de hotéis e pousadas. 

    Micro e pequenas empresas do setor também podem dispor do Cartão BNDES. O instrumento financia a compra de máquinas e equipamentos, insumos e cursos de qualificação. Desde 2012, por meio do Cartão, foram desembolsados R$ 131,2 milhões para hotéis e pousadas, em aproximadamente 10 mil operações.

    O programa ProCopa Turismo induz à adoção de práticas sustentáveis. A ação oferece prazos de pagamento mais longos e juros mais baixos se os empreendimentos apoiados obtiverem certificação de eficiência energética nível “A” do Procel Edifica ou certificação no Sistema de Gestão da Sustentabilidade para Meios de Hospedagem.

    secom.gov.br

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here